HSDPA+ o próximo passo na evolução do 3G

O presidente da Qualcomm do Brasil, Paulo Breviglieri, sem querer adiantar nomes, disse que já há interesse formal de teles brasileiras na tecnologia – que amplia a velocidade de downlink para 21 Mbits no pico – e, hoje, com quatro operações comerciais no mundo, entre elas, a da Telstra, na Austrália. “Com a demanda por banda larga, o HSPA+ pode chegar ao Brasil muito em breve”, afirmou

“Com relação à HSPA+, tenho a convicção que as operadoras brasileiras vão passar e, rápido, pela necessidade de utilizar a tecnologia. A demanda é grande e há pouco espectro, principalmente nas capitais”, salientou Paulo Breviglieri, que participou nesta terça-feira, 16/06, de almoço na capital paulista, para promover o Seminário “LTE: Tecnologia e Mercado”, que acontecerá no dia 25 de junho, em Brasília, com organização da Network Eventos.

O evento tem como objetivo fortalecer a posição da indústria – favorável ao uso de 140 MHz dos 190 MHz da faixa de 2,5GHz, hoje, utilizada pelas operadoras MMDS – para a oferta de serviços através da tecnologia LTE (long Term Evolution), a 4G, evolução da Terceira Geração.

Breviglieri não quis, no entanto, adiantar quais são as operadoras que querem apostar no HSPA+, mas garantiu que já há testes em andamentos e arriscou. “Uma delas vai lançar operação comercial ainda este ano”, detalhou. Segundo o presidente da Qualcomm do Brasil, a tecnologia não trará qualquer prejuízo – troca de dispositivos e/ou celulares para os usuários atuais da 3G.

“O HSPA+ terá dispositivos próprios, mas eles funcionarão, como hoje já acontece, nas tecnologias 3G(HSDPA, UMTS, EDGE e GPRS)”, assegura. Indagado ainda sobre a chegada do snapdragon – o chip da Qualcomm para netbooks e smartphones – no país, Breviglieri diz que a expectativa é de que, já no segundo semestre, equipamentos com o chip passem a ser vendidos.

“Os parceiros asiáticos ( entre eles está a ASUS, que recém-abriu uma unidade de produção no país, no Paraná) estão bastantes adiantados e prevejo que os equipamentos com o snapdragon desembarquem, sim, no país, ainda este ano”, concluiu o executivo. O Snapdragon tem sido apontado como o grande ‘rival’ do ATOM, da Intel, no mundo dos Netbooks.

Fonte: www.convergenciadigital.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: